Em um momento delicado que mundo atravessa, além da saúde, muitos estão preocupados com a sobrevivência de seu negócio.

A forma de fazer negócio mudou, na verdade, aos que não estavam se adequando ao mundo digital, agora se viram forçados a se inteirarem e aderirem as ferramentas de relacionamento com o mercado.


É evidente que, os desafios atuais estão mudando as rotinas e as prioridades de todos, em especial aos empresários e no caso do mercado imobiliário, os corretores. A forma de fazer negócio mudou, na verdade, aos que não estavam se adequando ao mundo digital, agora se viram forçados a se inteirarem e aderirem as ferramentas de relacionamento com o mercado.

O primeiro desafio no mercado imobiliário foi iniciado na área administrativa, com demandas de negociações, diversas dúvidas e incertezas. Um detalhe importante é que, devido a automação e a disponibilização de seus registros e documentos na chamada “nuvem”, estas demandas podem ser atendidas sem interrupção, independente da presença da equipe na imobiliária, ou em tele trabalho.

Já na linha comercial, a Luka Imóveis buscou soluções inéditas e rápidas. Em seu site, logo da primeira página, disponibiliza um canal com toda equipe, separada por suas áreas de atuação, apresentando todos os contatos, e no caso, se o profissional estiver “online”, o cliente pode chamar de imediato. De forma mais específica, quando o cliente está visualizando um imóvel, ele já tem a opção de falar com o “captador” (quem trouxe o imóvel para a Imobiliária) ou escolher outro corretor que esteja disponível naquele momento. A ideia é encurtar caminho e facilitar as negociações, seja locação ou venda.

Em seu 48º episódio, o Sabukacast (podcast imobiliário), gravado desta vez com seus participantes em locais diferentes (espécie de live), trata deste momento, ouça:



Trazem neste episódio alguns insights para o corretor de imóveis, procedimentos que podem ajudar no seu dia a dia neste período de quarentena, causado pela pandemia do coronavírus.

Mas se pudermos deixar um recado ou uma dica, nada de pânico, sem deixar de cuidar da saúde, dos familiares, mas devemos ter em mente que, sairemos desta situação diferentes, e temos que nos preparar para os próximos desafios, para o novo mundo que está surgindo.